Adolescente de 13 anos morre seis dias depois de ser atropelado em faixa de pedestre em MT

Ele estava próximo à escola quando foi atingido por um carro, que não freou. Alberto Rainer Felzke morreu por complicações depois de ser atropelado
Reprodução
Alberto Rainer Padilha Felzke, de 13 anos, morreu nesta terça-feira (23), depois de ficar seis dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Regional de Sinop, a 503 km de Cuiabá.
Ele estava internado desde o dia 17 de novembro, depois de ser vítima de um atropelamento ao cruzar a Rua das Palmeiras com a Rua dos Ipês, no Bairro Jardim Imperial, em Sinop.
O velório foi no Memorial Renascer e o enterro no Cemitério do Município, às 16h30.
Segundo a polícia, Alberto estava próximo à escola onde estudava e foi atravessar o cruzamento na faixa de pedestre quando foi atingido.
O motorista aguardou a chegada do Corpo de Bombeiros. O menino foi levado em estado grave para o hospital. Ele ficou internado por seis dias, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
A Escola Estadual Rosa de Ventos, em que Alberto estudava, lamentou a morte pelas redes sociais e suspendeu as atividades nesta quarta-feira (24).

Liked Liked