Após analisar imagens, Câmara de Campinas veta entrada de grupo que retirou máscara contra Covid em sessão que teve injúria racial

Proibição vale enquanto medida sanitária for obrigatória e Casa diz que segurança foi orientada. Quebra de protocolo foi constatada durante imagens gravadas em sessão do dia 8 de novembro. O presidente de Câmara de Campinas, vereador Zé Carlos
Câmara de Campinas
A Câmara de Campinas (SP) confirmou nesta terça-feira (23) que quatro pessoas estão com entrada vetada para acompanhar sessões, após análises de imagens indicarem que elas retiraram a máscara de proteção contra Covid-19 diversas vezes ou ficaram sem ela durante longos períodos na reunião de 8 de novembro. Na ocasião, um grupo se manifestou contra a obrigatoriedade do “passaporte da vacina”, e uma pessoa do público teria cometido injúria racial contra a vereadora Paolla Miguel (PT).
Segundo a assessoria do Legislativo, a medida vale enquanto for mantida a obrigatoriedade da máscara para evitar contágio pelo novo coronavírus. A Câmara identifica cada visitante que chega ao local para acompanhar os trabalhos no plenário e só libera o acesso mediante o uso da proteção.
Durante o andamento da sessão, o presidente da Câmara, Zé Carlos (PSB), fez uma série de advertências sobre a importância da proteção. A Casa confirmou que a segurança foi orientada sobre a nova medida e destacou que nenhuma pessoa do grupo tentou assistir a sessão de segunda-feira.
Nenhum dado sobre o grupo foi revelado, incluindo se a mulher indiciada pela Polícia Civil por injúria racial contra Paolla faz parte dele. O inquérito do caso já foi concluído e remetido ao Poder Judiciário.
Aumento de até 40% em salários de funcionários da Câmara avança na 1ª votação
Câmara abre CP para investigar vereador Nelson Hossri por suposta quebra de decoro
Manifestantes sem máscara contra Covid-19 durante sessão em Campinas
Câmara de Campinas
Público sem máscara durante sessão da Câmara de Campinas, na noite desta segunda
Câmara de Campinas
O que diz a prefeitura?
Embora a lei municipal que determina multa por falta de uso da máscara ainda esteja em vigor, a punição não foi aplicada porque, segundo a prefeitura, quem retirou o item foi orientado e advertido pelos guardas, em abordagem específica, para a recolocação e “assim o fizeram”.
“A Prefeitura de Campinas tem propagado ações de conscientização da população sobre a importância do uso da máscara como medida fundamental na prevenção da Covid-19”, diz texto.
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas.

Liked Liked