Botucatu anuncia vacinação em massa com dose de reforço contra Covid

Prefeitura divulgou em suas redes sociais que conseguiu junto ao Ministério da Saúde envio das doses em apenas um lote; aplicação será dia 19/12. Justificativa é que quase toda a população adulta vai completar 5 meses da segunda dose ao mesmo tempo. Vacinação em massa com a dose de reforço adotará mesmo que esquema do estudo de efetividade, com uso da estrutura da Justiça Eleitoral
Gabriela Prado/TV TEM
A Prefeitura de Botucatu (SP) anunciou no fim da tarde desta terça-feira (23) pelas suas redes sociais que vai aplicar em massa a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 na população. Segundo o anúncio, toda a população adulta da cidade deve ser imunizada no dia 19 de dezembro.
Segundo o secretário municipal de Saúde, André Spadaro, que foi a Brasília (DF) junto ao prefeito Mário Pardini, o município pediu ao Ministério da Saúde o envio de todas as 70 mil doses estimadas em apenas um lote.
A justificativa para o pedido foi que, por contra do estudo de efetividade da vacina Oxford/AstraZeneca, praticamente toda a população entre 18 e 60 anos completa cinco meses da aplicação da segunda dose ao mesmo tempo.
Prefeito Mário Pardini e secretário de Saúde José Spadaro no Ministério da Saúde, em Brasília: 70 mil doses em um único lote
Facebook/Reprodução
Em Botucatu, esse prazo seria em janeiro, mas por causa do fim de ano e do recesso da Justiça Eleitoral, a vacinação vai ser antecipada para 19/12.
A ligação com o calendário da Justiça Eleitoral é porque o formato da vacinação de reforço em massa será o mesmo usado durante a primeira e segunda doses do estudo de efetividade, com os colégios eleitorais e ginásios funcionando como salas de vacinação.
Apesar da adoção do mesmo esquema, a vacinação em massa das doses de reforço não faz parte do estudo de efetividade realizado no município.
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília.

Liked Liked