Comissão deve votar nesta quarta projeto que estende a desoneração da folha de pagamento até 2026

Projeto de desoneração da folha abarca os 17 setores que mais geram empregos na economia do país. Desoneração acaba neste mês, e equipe econômica é contra a extensão. A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara deve votar nesta terça-feira (15) o projeto que estende a desoneração da folha de pagamento até 2026, informou o relator da matéria, deputado Jeronimo Goergen (PP-RS).
O projeto de desoneração da folha abarca os 17 setores que mais geram empregos na economia do país. Esses setores, atualmente, empregam cerca de 6 milhões de trabalhadores.
A desoneração está prevista para acabar no fim deste ano. O projeto em análise amplia o beneficio até 31 de dezembro de 2026, ou seja, por mais cinco anos.
Goergen, que é favorável a estender a desoneração, tenta vencer a resistência da equipe econômica. O deputado tentará costurar um acordo entre as alas política e econômica do governo para tentar aprovar a proposta ainda em setembro.
A desoneração da folha de pagamentos permite às empresas substituir a contribuição previdenciária, de 20% sobre os salários dos empregados por uma alíquota sobre a receita bruta, que varia de 1% a 4,5%.
Entre os 17 setores da economia que podem aderir a esse modelo estão: as indústrias têxtil, de calçados, máquinas e equipamentos e proteína animal, construção civil, comunicação e transporte rodoviário.

Liked Liked