Drogas produzem bem-estar assim como o sexo ou o exercício, diz Carl Hart

Quando seu livro “Drogas para Adultos”, da Companhia das Letras, foi lançado no Brasil, em junho, o neurocientista Carl Hart foi atacado nas redes sociais. Por defender no volume e em entrevista a este jornal que usar drogas faz parte do direito à busca pela felicidade, foi chamado de viciado por Sérgio Camargo, presidente da Fundação Cultural Palmares, e de “defensor de cracudo” e outros xingamentos.
Leia mais (11/24/2021 – 04h00)

Liked Liked