Filha de mulher morta a tiros pelo namorado faz desabafo na web: ‘Não há dor maior’

Isabele Vincentini tinha 41 anos e deixa três filhos; suspeito do crime foi achado morto na mesma residência, em Botucatu (SP), e caso foi registrado como feminicídio seguido de suicídio. Mulher é morta com três tiros pelo namorado em Botucatu; suspeito foi achado morto na casa
Reprodução/Facebook
A filha da mulher de 41 anos que foi morta a tiros pelo namorado em Botucatu (SP) desabafou sobre a morte da mãe em uma postagem em seu perfil no Facebook. Na mensagem, a jovem pede orações para a vítima e para os irmãos.
“Peço somente orações para ela e meus irmãos. Te amarei para todo o sempre e cuidarei da nossa família. Hoje minha companheira, melhor amiga se vai. Não há dor maior”, diz na postagem.
Isabele Maria Vicentini foi encontrada morta na casa onde morava com um tio, que tem deficiência, na Vila São Lúcio.
O suspeito do crime, namorado da vítima, Florêncio Ferreira Nunes Neto, de 45 anos, foi achado morto próximo ao corpo de Isabele com um tiro na cabeça.
Postagem da filha da mulher morta a tiros pelo namorado em Botucatu
Reprdução/Facebook
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Segundo informações da Polícia Militar, a corporação foi acionada por vizinhos de Isabele, que escutaram barulho de tiros na casa. A mulher foi atingida por dois tiros na face e um no tórax. Ela estava caída perto da porta da cozinha.
Leita também:
Jovem é morta a facadas em Bauru; ex-companheiro é suspeito do crime
Suspeito de matar esposa e filho de 2 anos já foi preso por agressões
Mulher agredida em quarto de motel morre após mais de 1 mês internada
DISQUE 180: saiba como denunciar casos de violência contra a mulher
Florêncio Ferreira Nunes Neto e Isabele Maria Vicentini mantinham relacionamento; crime registrado como feminicídio
Arquivo pessoal
Os policiais encontraram o corpo de Florêncio no quintal da casa. Ele estava caído com um revólver calibre 32 ao lado do corpo.
Segundo informações da Polícia Civil, Florêncio não aceitava o fim do relacionamento com Isabele, o que teria motivado o assassinato. O crime foi registrado como feminicídio seguido de suicídio.
O corpo de Isabele foi enterrado no início da tarde desta terça-feira (23) no Cemitério Portal das Cruzes.
Suicídio: veja mitos sobre o assunto e entenda a necessidade de debater o tema
VÍDEOS: assista às reportagens da região
Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília.

Liked Liked