Hilux que atropelou motoboy em Campinas está em nome do filho de motorista que está foragido após confusão, diz delegado

Polícia Civil tenta localizar proprietário para colher depoimento e confirmar se pai e filho estão diretamente envolvidos na briga. Motorista da Pajero teve prisão decretada na segunda-feira (22). Hilux que atropelou motoboy em Campinas está em nome do filho de motorista foragido após confusão, diz polícia
A caminhonete modelo Toyota Hilux que atropelou um motoboy durante uma confusão em Campinas (SP), no último domingo (21), está em nome do filho do dono da Mitsubishi Pajero, que também se envolveu na briga e é considerado foragido após ter a prisão aceita pela Justiça na segunda-feira (22). A informação é da Polícia Civil. O entregador atropelado pela Hilux não possuía envolvimento na confusão. Relembre o caso abaixo.
De acordo o delegado à frente do caso, que é investigado pelo 4º Distrito Policial (DP) de Campinas, o dono da Hilux é procurado para prestar depoimento, já que a Polícia Civil apura se ele estava na condução do veículo no momento do atropelamento. Ele ainda não foi localizado.
A prisão temporária do condutor da Pajero foi solicitada no domingo, após a confusão, e aceita pela Justiça na segunda. Por não ter sido localizado até o momento, ele é oficialmente considerado foragido, informou o delegado Antonio Toshio Nishida.
As investigações
As investigações seguem para apurar o caso. Dois motoboys foram ouvidos, sendo um no domingo e outro nesta terça-feira (23). Também foram ouvidas testemunhas da confusão nesta quarta.
Uma das pessoas que a Polícia Civil tentou ouvir nesta quarta é o motoboy Rafael Sampaio Ferraz, de 36 anos, atropelado mesmo sem estar envolvido na briga. Uma equipe seria enviada para colher o depoimento da vítima no Hospital de Clínicas (HC), onde ela está internada, mas isso não foi possível devido à sedação. A expectativa é que o entregador seja ouvido nesta quinta-feira (25).
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que são apurados, no 4º DP, os crimes de homicídio doloso tentado, periclitação de vida e danos.
Relembre o caso
Vídeo: motorista atropela motoboy após briga de trânsito
A confusão começou na Avenida Almeida Garret, no bairro Parque Taquaral, no último domingo. Imagens que viralizaram nas redes sociais mostram o momento que o motorista da Pajero e um motoboy, que não é o Rafael, discutem em um semáforo. O motociclista agride o homem com o capacete.
A partir daí, o motorista avança com o carro para cima e atropela o motoboy que o agrediu. Ele continua perseguindo o motociclista e tenta atropelá-lo novamente várias vezes. Em uma das tentativas, o homem bate o carro em um poste e volta de ré para atingir o rapaz. O motorista desce do carro e os dois entram em luta corporal. Assista acima.
Outro motoboy que passava pelo local no momento da briga afirmou à EPTV, afiliada da TV Globo, que foi atrás do homem para tirar satisfação e também foi perseguido. “Ele veio me perseguindo, eu pulei canteiro, eu me escondi atrás de árvore. Ele tentou me matar umas cinco ou seis vezes”, disse Wagner Sperancini.
De acordo com Sperancini, outros motociclistas se juntaram a ele para ajudar e a perseguição continuou pelas ruas do bairro. Neste momento, apareceu outro automóvel, a Hilux, e atingiu o motoboy Rafael, que estava parado aguardando para fazer uma entrega.
Rafael está internado no HC da Unicamp
Arquivo pessoal/Priscila Ferraz
No atropelamento, Rafael sofreu fratura exposta no fêmur, quebrou o braço e a clavícula e perdeu os dentes da frente. O motoboy passou por uma cirurgia de emergência após o acidente e deve ser submetido a mais quatro na próxima terça-feira (30), de acordo com a esposa.
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e Região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas

Liked Liked