Justiça aceita pedido do MP para incluir nome de Rogério de Andrade na difusão vermelha da Interpol

Pedido se deu depois que Rogério de Andrade deixou o país em direção à Costa Rica e não retornou ao Brasil. Rogério Andrade
Reprodução
Recebida a denúncia e decretada a prisão preventiva do acusado ROGÉRIO COSTA DE
ANDRADE E SILVA, segundo o MINISTÉRIO PÚBLICO, este permanece fora do Brasil, com
seu registro de saída em 23/04/2022 (destino final San José, Costa Rica), não tendo
regressado ao país na data inicialmente prevista, qual seja, 07/05/2022.
Assim, justificada a adoção das providências legais necessárias para a tentativa de captura de
ROGÉRIO DE ANDRADE fora do Brasil, o que pressupõe a inclusão de seu mandado de prisão
em DIFUSÃO VERMELHA junto a INTERPOL, observando-se todas as exigências normativas
aplicáveis à espécie.
Diante do exposto, DEFIRO o requerimento do MP nos seus exatos termos, determinando:
A expedição de ofício à Superintendência Regional da Polícia Federal- SR/DPF do Estado do
Rio de Janeiro, encaminhando o mandado de prisão de ROGÉRIO COSTA DE ANDRADE E SILVA
para cumprimento e para publicação da DIFUSÃO VERMELHA no sistema internacional da
INTERPOL;
Registre-se que efetivada a captura de ROGÉRIO COSTA DE ANDRADE E SILVA será dado
imediato início ao procedimento de extradição do preso.
Caberá ao MP o encaminhamento do ofício acompanhado da documentação necessária (cópia

Liked Liked