Kassio, do STF, defende marco temporal de terras indígenas, Moraes pede vista, e julgamento é suspenso

O ministro Kassio Nunes Marques, do STF (Supremo Tribunal Federal), votou para reafirmar o marco temporal na demarcação de terras indígenas, em um posicionamento que se alinha aos interesses do Palácio do Planalto. Kassio foi indicado à corte pelo presidente Jair Bolsonaro.
Leia mais (09/15/2021 – 16h25)

Liked Liked