Me guardando pra quando o Carnaval chegar

Se tivesse que dar um palpite sobre qual foi o mantra da pandemia, diria que foi “respira fundo e vai”. É o que fazemos para sobreviver a situações de crise: interromper as práticas ordinárias circunstancialmente em favor de um objetivo maior. Esse estado de suspensão ativado por nosso senso de urgência redimensiona as prioridades e nos oferece um sentido: tentar sair vivo ao final do perrengue.
Leia mais (11/22/2021 – 20h21)

Liked Liked