Nintendo diz que relatos sobre Activision são ‘perturbadores’

Ainda sob os holofotes por causa de inúmeras acusações  de assédio, misoginia e conduta inapropriada no ambiente de trabalho, a Activision Blizzard acaba de tomar mais uma pancada.

Além de funcionários preparando greves, acionistas pedindo a remoção do atual CEO e tanto PlayStation quanto Xbox posicionando-se contra a conduta da empresa, agora chegou a vez da Nintendo juntar-se ao grupo dos que repudiam as alegadas ações da publicadora, seu conselho administrativo e seu líder, Bobby Kotick.

Leia mais…

Liked Liked