Padre suspeito de atropelar homem que teria furtado igreja: o que se sabe e o que falta esclarecer

O frei Gustavo Trindade dos Santos é suspeito de atropelar Ângelo Marcos dos Santos Nogueira com um carro da diocese em Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e fugir sem prestar socorro. Câmera de segurança registrou o atropelamento durante a fuga; estado de saúde da vítima é considerado grave. Vídeo mostra padre atropelando suspeito de furtar igreja no interior de SP
Um padre está sendo procurado pela Polícia Civil suspeito de atropelar um homem que teria furtado uma igreja em Santa Cruz do Rio Pardo, interior de São Paulo, na noite do último sábado (7).
Segundo a polícia, o veículo pertence à diocese de Ourinhos (SP) e o motorista é um padre, identificado como frei Gustavo Trindade dos Santos, que fugiu do local sem prestar socorro.
Após ser atropelado, Ângelo Marcos dos Santos Nogueira, de 40 anos, precisou ser internado na Santa Casa do município por conta da gravidade do estado de saúde.
Padre Julio Lancellotti postou o vídeo do acidente e criticou o atropelamento provocado por um padre em Santa Cruz do Rio Pardo
Padre Lulio Lancellotti/Instagram/Reprodução
O atropelamento aconteceu por volta das 20h45, na Avenida Tiradentes, e foi flagrado por uma câmera de segurança. Nas imagens, é possível ver o momento em que o carro atinge o homem, que é arremessado para dentro de uma loja de tintas (veja o vídeo acima).
Após o atropelamento, o motorista dá marcha à ré, manobra no asfalto e vai embora. O vídeo também mostra que a frente do veículo chegou a ficar danificada.
Motorista que atropelou suspeito de furtar igreja em Santa Cruz do Rio Pardo (SP) foi identificado como sendo o frei Gustavo Trindade dos Santos
Reprodução
O padre Júlio Lancellotti, conhecido por ações para ajudar pessoas em situação de rua na capital paulista, criticou a atitude do religioso no interior de São Paulo.
Confira abaixo o que se sabe e o que falta esclarecer sobre o caso:
Onde está o padre suspeito?
O frei Gustavo Trindade dos Santos, suspeito do atropelamento, não foi localizado pela Polícia Civil para prestar esclarecimentos. Na segunda-feira (9), segundo o delegado Valdir Alves de Oliveira, três advogados foram à delegacia em nome do padre, mas não informaram o local onde ele está.
O que diz a diocese?
O g1 entrou em contato com a diocese de Ourinhos, responsável pela paróquia de Santa Cruz do Rio Pardo, que informou, em nota, que todos os fatos estão sendo apurados.
Qual o estado de saúde da vítima?
Na segunda-feira, Ângelo ainda estava internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Santa Cruz do Rio Pardo.
Ele sofreu ferimentos graves e passou por uma cirurgia para descompressão craniana ainda na noite em que foi internado, no sábado, e foi intubado.
Ainda de acordo com o boletim médico, a sedação foi retirada na segunda-feira e os médicos estão avaliando a evolução do paciente.
Momento em que suspeito de furto é atingido pelo carro
IBTV/Reprodução
Como está a investigação?
Em entrevista à TV TEM, o delegado responsável pelo caso explicou que tem três linhas de investigação.
Na primeira, a polícia apura o primeiro crime de furto na casa paroquial da Igreja São Sebastião pela vítima do atropelamento, que já foi autuado em flagrante e teve a prisão decretada. Ângelo deve passar por audiência de custódia após receber alta.
O segundo crime diz respeito a outro furto no mesmo local no dia anterior. A polícia investiga se o crime foi cometido pelo mesmo suspeito.
Já a terceira linha de investigação segue paralela sobre a tentativa de homicídio por parte do suspeito, já que as imagens das câmeras de segurança indicam essa dinâmica.
Até o momento, nem o veículo, nem o padre foram localizados. Além de tentativa de homicídio, o responsável pelo atropelamento pode responder por omissão de socorro.
O que o homem atropelado furtou da igreja?
Segundo o boletim de ocorrência, Ângelo furtou a casa paroquial da Igreja São Sebastião arrombando uma das janelas.
Ele fugiu do local levando três moletons e uma camiseta. Na UTI, ele ainda estava com peças de roupas levadas da paróquia.
VÍDEOS: assista às reportagens da região

Veja mais notícias da região no g1 Bauru e Marília

Liked Liked