PM prende suspeito de homicídio em Manga; vítima tinha corte na cabeça e queimaduras no tórax

Segundo a PM, as buscas duraram mais de 10 horas ininterruptas. Homem foi preso no momento em que esperava por um ônibus na rodovia. Celular do suspeito foi apreendido pela PM
Polícia Militar
Um suspeito de envolvimento em um homicídio foi preso pela Polícia Militar na LMG-635, em Manga (MG), nesta quarta-feira (13). As buscas duraram mais de 10 horas ininterruptas.
Segundo o tenente Horácio Izidro Mota Souza, a vítima foi encontrada em uma rua do bairro Cruzeiro e apresentava um corte na cabeça e queimaduras no tórax. A perícia não conseguiu identificar qual o objeto utilizado para matá-la.
Corpo de homem é encontrado com ferimento na cabeça e sinais de queimaduras em Manga
“Identificamos esse suspeito por meio de informações de testemunhas e levantamentos. Além disso, ele também apresentou inconsistências nas informações repassadas. A prisão ocorreu no momento em que ele esperava um ônibus na rodovia, a suspeita é de que ele iria continuar fugindo”, fala.
O tenente diz ainda que o suspeito afirmou que estava com a vítima na noite do crime. Ao ser preso, ele não confessou participação no homicídio. Ele é de Manga e não tem registros policiais.
A PM não tem informações sobre a motivação do crime. Inicialmente, não havia um histórico de conflitos entre suspeito e vítima.
O suspeito foi encaminhado à delegacia de Manga. O celular dele foi apreendido.
Sobre o crime
Um homem de 24 anos foi encontrado morto em Manga na noite dessa terça-feira (12).
Segundo informações da PM, o corpo do jovem estava em uma rua, no bairro Novo Cruzeiro, e foi achado por pessoas que passavam pelo local. A vítima apresentava um corte contuso na cabeça e queimaduras na região do tórax.
“A perícia não conseguiu precisar qual instrumento foi utilizado no crime. Não há relatos de testemunhas e ainda não se sabe qual a motivação”, explicou o tenente Horácio Izidro Mota Souza logo após o corpo ser encontrado.
Vídeos do Norte, Centro e Noroeste de MG
Veja mais notícias da região em G1 Grande Minas.

Liked Liked