Polícia Civil investiga morte suspeita de mulher em Mogi Guaçu

Vítima de 32 anos foi encontrada morta em casa, na última segunda (20). Portão da residência estava fechado e sem sinais de arrombamento, e manchas de sangue foram encontradas dentro da casa. A Polícia Civil de Mogi Guaçu (SP) investiga a morte de uma mulher de 32 anos ocorrida na última segunda-feira (20), no Jardim Itamaraty. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o caso segue em sigilo pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) da cidade.
Policiais militares chamados para atender a ocorrência desconfiaram das informações fornecidas pelo companheiro da vítima. Segundo o registro do boletim de ocorrência, o homem teria alegado que havia saído de casa para ir ao mercado e, ao retornar, encontrou a mulher ferida na garagem. O Samu foi acionado, a vítima encaminhada ao hospital, onde o óbito foi constatado.
Informações apuradas pelos policiais militares com vizinhos era de que o casal brigava muito e com frequência ouvia-s egritos no imóvel. Os dois estariam juntos havia seis meses. A vítima tinha um filho de quatro anos que estava na escola no momento dos fatos.
A perícia foi acionada ao local e foram identificadas manchas de sangue no interior do imóvel, sendo que o portão da residência estava fechado e sem sinal de arrombamento na garagem. Imagens de câmeras da rua foram solicitadas.
VÍDEOS: Tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas

Liked Liked