Caso da tenista chinesa Peng Shuai faz lembrar da Guerra Fria

O caso da tenista chinesa Peng Shuai é emblemático. A atleta, de 35 anos, campeã de duplas em Wimbledon e Roland Garros, desapareceu repentinamente no início de novembro, depois de ter acusado Zhang Gaoli, ex-vice-primeiro-ministro da China, de a ter forçado a uma relação sexual.
Leia mais (11/22/2021 – 22h35)

Liked Liked