Covid-19: veja o boletim de 22/11/2021 divulgado pela Prefeitura de Divinópolis; dez pessoas estão internadas nas UTIs

Documento diário com dados sobre a evolução da doença, como resultados positivos, pessoas recuperadas, óbitos, entre outros, não foi atualizado nesta segunda-feira (22). Estrutura do coronavírus tem formato de coroa em imagem de arquivo
Radoslav Zilinsky/Getty Images/Arquivo
Os dados sobre a evolução da Covid-19 em Divinópolis, como resultados positivos, pessoas recuperadas, óbitos, entre outros, não foram atualizados pela Prefeitura nesta segunda-feira (22). Apenas as informações sobre os pacientes internados em unidades hospitalares da cidade foram atualizados.
Até sexta-feira (19), Divinópolis soma, desde o início da pandemia, 21.781 casos de Covid-19. No informe anterior, eram 21.775 casos positivos. O número de pacientes internados na rede hospitalar está em 16. No boletim anterior eram 17 pessoas.
Dados do Boletim Diário
Nesta segunda-feira, dez pessoas estão internadas nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) entre os 40 leitos disponíveis na cidade para pacientes com Covid-19, o que equivale a 25%. Destes, quatro são moradores de Divinópolis e dois de outras cidades. No setor de enfermaria, a taxa é de 20,93%, com nove leitos ocupados entre os 43 totais do município.
É importante ressaltar que a desmobilização dos leitos do Hospital de Campanha, anexo a UPA Padre Roberto, representou diminuição significativa no número de leitos totais na cidade.
Estrutura do hospital de campanha é desmontada em Divinópolis
Nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), o Hospital Santa Lúcia tem dois pacientes internados; o Complexo São João de Deus registrou três pacientes na área adulta e quatro na área infantil atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS); e o Hospital Santa Mônica conta com uma internação. No Hospital São Judas Tadeu não há hospitalizações no CTI.
Na enfermaria, o Complexo de Saúde São João de Deus registrou oito pacientes internados na área atendida pelo SUS e um paciente na área suplementar; no Hospital São Judas Tadeu não há pacientes internados, assim como os hospitais Santa Lúcia e Santa Mônica, que não registram internações neste setor.
Os dados abaixo são da última sexta-feira.
Ocupação de leitos
Mortes causadas pela Covid-19
Perfil da última vítima morta pela Covid-19
Casos confirmados da Covid-19
Taxa de contágio
Casos descartados da Covid-19
Pacientes recuperados da Covid-19
Dados de hospitalizações em Divinópolis
Prefeitura de Divinópolis/Divulgação
Importância da vacina
Nenhuma vacina oferece proteção de 100% contra doenças, mas todas reduzem o risco de infecção, hospitalização e morte, principalmente depois da segunda dose.
É importante lembrar que vacinas funcionam, mas não são infalíveis. Ainda assim, apesar de a probabilidade de infecção após a vacina ser pequena, quanto mais a doença estiver circulando, maior é o risco de o imunizante falhar. Por isso a necessidade de vacinar o maior número de pessoas possíveis o quanto antes.
VÍDEOS: veja tudo sobre o Centro-Oeste de Minas

Liked Liked