Estado de São Paulo concentra 75% dos casos de varíola dos macacos do Brasil

Dos 1.860 casos identificados pelo Ministério da Saúde, ao menos 1.400 foram registrados no estado. Autoridades alertam que não se deve estigmatizar a doença. Estado de SP anuncia plano de ação para combater a varíola dos macacos
Dados divulgados na noite desta quinta-feira (4) pelo Ministério da Saúde mostram que já são 1.860 casos de varíola dos macacos no Brasil – 75% deles em São Paulo. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde de SP, a doença é predominante em homens na faixa dos 30 anos. Autoridades alertam que não se deve estigmatizar a doença. (Veja mais informações no vídeo acima)
O infectologista marco Aurélio Sáfadi diz ser importante estar atento, porque em muitos casos, o infectado não apresenta sintomas.
ENTENDA: como se transmite e quais são os sintomas da doença
Veja lista de sintomas e como se proteger
“Muitos indivíduos desenvolvem quadros discretos, com pouquíssimas lesões. Às vezes, até uma única, ou poucas lesões, o que evidentemente traz um desafio, porque muitas vezes acaba negligenciando a importância daquela lesão”, explica.
Para combater a doença, os secretários estaduais Jean Gorinchteyn, da Saúde, e David Uip, de Ciência, Pesquisa e Desenvolvimento em Saúde, anunciaram nesta quinta-feira (4) as medidas de combate à varíola dos macacos no estado.
O plano de enfrentamento da doença terá 93 hospitais de retaguarda, uma rede credenciada de laboratórios para testagem e vigilância genômica e serviço de orientação 24 horas para profissionais de saúde.

Liked Liked