Pessoas surdas poderão acessar serviços públicos do ES com auxílio de tradução simultânea em Libras

Central de Intermediação em Libras já está em funcionamento e ficará disponível 24 horas por dia para atendimento. Pessoas surdas que precisarem acionar os serviços oferecidos pelo governo do Espírito Santo podem receber auxílio da Central de Intermediação em Libras (CIL-ES).
O serviço de tradução simultânea, que viabiliza a comunicação entre pessoas surdas e ouvintes por meio de videochamadas, foi inaugurado esta semana e já está em pleno funcionamento em todo estado, podendo ser usado de forma gratuita.
A interpretação, nesse caso, ocorre por meio de acesso a um site ou aplicativo, disponível para sistemas iOS, Android e Windows, e contará com profissionais em Libras à disposição do aplicativo 24 horas por dia e sete dias por semana. O funcionamento do serviço inclui também feriados, a fim de atender situações de emergência.
Segundo o governo estadual, a nova Central visa avançar na inclusão social das pessoas usuárias de Libras, garantindo o desenvolvimento da autonomia e potencialidade de cidadãos e cidadãs com deficiência auditiva e/ou surdez.
O novo serviço foi lançado na última segunda-feira (22) e já está disponível
Reprodução/Hélio Filho/Secom
“Damos mais um passo no caminho da inclusão, da acessibilidade. Essa é uma demanda antiga da comunidade surda. Compreendemos a necessidade desse serviço e hoje temos uma Central que pode ser utilizada em todo o Estado. Quando ocorrer um acidente com uma pessoa surda ou deficiente auditiva, ela poderá utilizar a CIL para se comunicar com o Samu”, exemplificou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo.
Outro exemplo citado pela secretária de Direitos Humanos foi no caso de mulheres surdas que sofrem violência doméstica e enfrentam dificuldades de comunicação.
“Agora as delegacias vão poder acessar a Central de Libras para se comunicarem com elas, assim como em qualquer espaço com serviço público”, completou.
Quem pode usar
A CIL-ES deve ser utilizada apenas em equipamentos públicos como, por exemplo, bancos estatais, fóruns, delegacias, hospitais públicos, serviços básicos de saúde públicos, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), entre outros que prestam serviço à comunidade dentro do território do Espírito Santo.
Como acessar o novo serviço:
Baixando o aplicativo ICOM, disponível para sistemas iOS, Android e Windows;
Pela página do CIL-ES, clicando AQUI (o acesso já direciona para uma videochamada);
Pelo site Conecta Cidadão;
Utilizando os QR Codes disponíveis nos equipamentos públicos no Estado do Espírito Santo (basta apontar a câmera do celular para a imagem e o aparelho encaminhará para a videochamada).
VÍDEOS: Tudo sobre o Espírito Santo
Veja o plantão de últimas notícias do g1 Espírito Santo

Liked Liked