Prisão por furto de xampu, botijão, chocolate e miojo se arrasta para cortes superiores

Quatro frascos de xampu: um mês no cárcere. Seis garrafas de suco de laranja: condenação a dois anos de prisão em regime fechado. Houve ainda quem ficasse detido, no meio de uma pandemia que coalhou as prisões brasileiras com Covid-19, por furtar aparelho de barbear, caixa de bombom e botijão de gás.
Leia mais (11/24/2021 – 08h00)

Liked Liked