Teto de gastos já tem potencial estouro de R$ 72 bilhões, diz pesquisador da FGV

Proposta formulada pelo governo com previsão de despesas no limite do teto de gastos, o Orçamento de 2022 sofre pressões por mais recursos em razão de demandas da classe política e do avanço da inflação.
Leia mais (09/15/2021 – 04h00)

Liked Liked